Na hora de comprar um imóvel com financiamento por meio de um banco, existem diversos fatores que devem ser observados, gerando assim dúvidas. Um questionamento em especial é bastante comum em imóveis financiados via Programa Minha Casa Minha Vida: “será que o banco vai aprovar meu cadastro?”. Para te ajudar, reunimos algumas dicas que vão aumentar suas chances de aprovação no financiamento pelo Programa.  

 

1. Tenha em mãos a documentação necessária 

A Caixa Econômica Federal possui uma lista de documentos obrigatórios para dar entrada no pedido de financiamento. Até para fazer a simulação com banco, é necessário apresentar todo o material exigido. Por isso, esse deve ser o primeiro passo para quem procura a sua aprovação. Confira a lista:  

  • Documentos de identificação: RG e CPF (inclusive dos dependentes e cônjuges, quando houver);
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante do FGTS (caso deseje utilizar);
  • Certidão de nascimento (para solteiros. É exigida certidão de casamento para casados e certidão de casamento averbada para divorciados);
  • Comprovante de residência recente;
  • Declaração de contribuição do Imposto de Renda (não é necessário para isentos);
  • Comprovante de renda dos últimos 3 meses (autônomos podem utilizar extratos bancários ou declaração de renda).

 

2. Mantenha o seu nome limpo 

Esta dica é importante para quem quer receber qualquer tipo de crédito. Para solicitar um financiamento imobiliário, não poderia ser diferente: fique de olho nos órgãos protetores e certifique-se de que o seu nome não está negativado. Você pode consultar seu CPF gratuitamente nos sites das principais instituições. Acesse:  

• Serasa 

• SPC Brasil 

• Boa Vista 


Para ter certeza de que o seu nome estará sempre limpo, mantenha sempre em dia os seus parcelamentos e evite emprestar o cartão ou fazer contas em nomes de terceiros. Assim, você se certifica de que estará sempre com o nome limpo no mercado. 

 

 

3. Faça o cadastro positivo 

A terceira dica também tem muito a ver com o seu crédito. Atualmente, os principais órgãos protetores oferecem, também, o cadastro positivo. Ao adotar esse serviço gratuito, o mercado passa a registrar também os seus pagamentos em dia, e não só monitorar os seus atrasos. Isso tende a melhorar sua média junto às instituições, também conhecida como “score”. Assim como o nome limpo, essa métrica também é avaliada pela Caixa na hora de liberar o seu financiamento.  

Acesse e faça o seu cadastro:  

• Serasa 

• SPC Brasil 

• Boa Vista 

 

4. Tenha ao lado um corretor de confiança.  

Comprar um imóvel envolve certos processos que são naturalmente complexos. Por isso, é essencial ter ao seu lado um corretor disposto e de confiança. Ele vai utilizar a sua experiência para fazer o contato com banco e construtora, garantindo as melhores condições. Essa é uma das etapas mais importantes. Por isso, faça questão de procurar um profissional qualificado. 

Outra figura fundamental no processo de aprovação do financiamento, é o correspondente imobiliário. Este profissional atua de forma a facilitar burocracias e auxiliar nos procedimentos necessários para aquisição de um imóvel com financiamento bancário, realizando a mediação entre o cliente e as instituições financeiras. 

O correspondente é autorizado pelos bancos a atuar nas operações de crédito e, com isso, atua de maneira necessária para conseguir prover os financiamentos a quem deseja adquirir um imóvel. Ele ainda atua junto aos órgãos especializados e trata de toda a documentação necessária, além de agir durante os trâmites rotineiros em negócios do segmento imobiliário.

A Solum Construtora conta com parceiros de venda, que estão totalmente à sua disposição para tirar suas dúvidas sem qualquer compromisso. Se você decidir não continuar com a compra ou não for aprovado, você não paga nada. 

 

5. Se o seu financiamento não for aprovado, tente novamente 

Caso você não garanta sua casa própria de primeira, não há motivo para desanimar. Normalmente, o banco entrega ao corretor um retorno sobre o seu perfil, indicando as áreas em que você pode melhorar para aumentar suas chances no próximo pedido. 

Além da sua mudança como comprador, a própria metodologia utilizada pelo banco para decidir quem está apto a receber o financiamento está sempre mudando. Por isso, é sempre válido tentar de novo. E, é claro, seguindo as cinco dicas que citamos.  

Este artigo ajudou você? Então compartilhe nas suas redes sociais e espalhe esse conhecimento!  

Se quiser saber mais sobre a Solum Construtora, é só visitar os nossos perfis no Facebook e Instagram. Colocamos todas as novidades sobre nossos empreendimentos, além do acompanhamento das obras por lá.